sábado, 5 de fevereiro de 2011

Elliott Smith

Mais um do meu acervo musical, e um dos músicos que gosto bastante, o insubstituível Elliott Smith:


Creio que ele não seja muito conhecido pelo pessoal atualmente (pelo que não ouço falar), eu mesmo o conheci há pouco mais de um ano e meio, mas suas músicas me cativaram logo de cara. Tudo começou (senta que lá vem história, rsrs) por causa do filme Good Will Hunting (Gênio Indomável, de Gus van Sant) que particularmente é um dos meus preferidos (não pelo Matt Damon e Ben Affleck, pelamordedeus!) mas pelo enredo (Oscar de Melhor Roteiro Original de 1998; Globo de Ouro de Melhor Roteiro de 1998) e pela belíssima atuação do Robin Williams.


Sei que alguns argumentam que não é a melhor atuação dele, mas foi bastante comovente, e é isso o que importa pra mim, que o ator convença na interpretação. Mas enfim, Elliott Smith compôs a maioria das músicas do filme, e até concorreu ao Oscar, mas perdeu pra My Heart Will Go On da Celine Dion (essa não precisa nem comentar né? ¬¬' ). Então vamos lá conhecer mais sobre ele:

Elliott Smith (Steven Paul Smith, nasceu em 6 de agosto de 1969, e faleceu em 21 de outubro de 2003 --> perceberam que assim como o Jeff Buckley, eu tenho uma queda por cantores mortos? vai saber!). Filho de pais separados, Elliott nunca teve um relacionamento saudável com o padrasto, e aos 14 anos mudou-se novamente para a casa do pai biológico, onde foi na adolescência que começou o consumo de álcool e drogas. Desde muito cedo já despontava seu talento musical, aos 9 anos já tocava piano e aos 10 violão. No período pós-colegial começou a tocar clarinete e guitarra, inclusive tocando em algumas bandas. Foi durante essa época que começou a ser conhecido como Elliott. Ele ainda se formou em filosofia e ciências políticas pela Hampshire College, antes de voltar para sua cidade, onde formou a banda Heatmiser, que tinha uma 'proposta sonora' (pegada, rsrs) mais voltada para o grunge e punk.


A banda durou até 95, mas Elliott já havia lançado seu primeiro cd solo, Roman Candle, um ano antes. Porém, o reconhecimento e a fama vieram definitivamente com a música Miss Misery, tema do filme Gênio Indomável.



Elliott sofreu e lutou contra a depressão e o consumo de drogas por anos, mas foi no dia 21 de outubro de 2003, após uma discussão com sua namorada, que ele foi encontrado morto com 2 facadas no peito. A autópsia foi inconclusiva quanto a suicídio ou homicídio. Lançou 5 discos solo, e ainda foram lançados 1 disco póstumo (o qual ele estava trabalhando na época de sua morte) e 2 compilações, além de uma biografia, também póstuma e um memorial.

Então, pra que vocês conheçam e se encantem, deixo aqui o meu disco preferido, Either/Or:

http://www.mediafire.com/file/1px4nf1r1b1gk14/Elliot%20Smith%20-%20either.rar

Apreciem e comentem! C;

2 comentários:

Bia Hyde disse...

Ja estou baixando e seguindo :D
gostei daqui
Beijoss
http://biahyde.blogspot.com/

Bia Hyde disse...

Ahhh que bom que voce gosto :D pode voltar sempre que quiser, se levar wisky entao HUHSUAHSUHASHAHS
vo voltar sempre aqui tambem
Beijoss

Postar um comentário