sexta-feira, 25 de março de 2011

Entardecer

Um dos meus passatempos era caminhar no fim de tarde. Antes por esporte, depois por pura contemplação. Pôr do sol sempre me seduziu. Como luas cheias. Nunca são os mesmos, por mais que já se tenham visto milhares. Vistos, mas não reparados, essa é a questão. Outro dia andei imaginando como teria sido o primeiro do planeta. Ou o primeiro que um ancestral nosso tenha se encantado em eras remotas. O fato é que o encantamento persiste, através da passagem indiferente das areias na ampulheta do tempo. Pois bem, caminhava e cantava e seguia a canção toda tarde após ter concluído o ensino médio. E me encantava com os raios derradeiros do sol. E com as garotas que praticavam cooper. Imagino agora se algum ancestral meu também já se encantara com alguma garota passeando ao pôr do sol.

(foto tirada no sítio do Tião, grande brother. o joelho no canto inferior esquerdo é meu, rsrs)

1 comentários:

Itala Alves disse...

A foto realmente ficou linda
não posso dizer o mesmo do seu joelho (rsrsrs)
tenho ela arquivada aqui tmbm =D
Gosto dos fins de tarde, em especial dos fins de tarde alaranjados, quando se olha para o céu e ele está em uma espécie de degrade.

Postar um comentário